quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Estou emburrecendo comercialmente



Antes de mais nada quero me desculpar, apresentar atenuantes, pois nem sempre fui assim. Ao contrário. Quando criança era apresentada como geninho e meus desenhos e opiniões analisados por psicólogos, ou melhor, modernizando, especialistas.
Testes de QI aplicados e o veredito era de gênio.
E acho que não modifiquei muito até ter filhos. Aí já viu, ninguém sobrevive ‘a achar engraçadinho a família Barbapapa. E falar no diminutivo. Mas é normal e até mesmo um sinal de inteligência! Vejam, Morais Moreira, um homem, fez uma canção onde coloca a expressão “ bubulilindo”  brrr..... Mas, o processo de imbecilização é necessário, caso contrário ninguém agüenta a maternidade.

Mas, infelizmente, no meu caso, acho que não recuperei a talvez inteligência. Comecei a perder os números, a usar calculadora quando necessário, cada vez menos necessário, e acho que atrofiei boa parte do cérebro. Pelo menos é que os comerciais da TV me apontam.

Vejam, eu imagino que comerciais sejam feitos para a venda do produto ou fixação de marca ou apenas para manter o consumo em geral, certo? Explicando rapidinho: a coca-cola não precisa de comerciais, a não ser de grande porte, cartazes espalhados pela cidade. Ela sabe que há um limite , afinal, quantas coca-colas você pode beber em um dia? E quantos sabonetes você pode comprar? Há um limite. Ninguém diz, oba! liquidação de sabonete! vou comprar 200 sabonetes lux e dar de presente! Ninguém usa 200 sabonetes. Então, rola uma oferta que a gente compra e usa o ano todo.
Mas os comerciais existem para estimular o consumo de qualquer coisa. E a roda girar.

Bem, para isso ter razão de ser, pagam os criadores, e pagam bem. Uma equipe de criadores de marketing, propaganda, de arte, do caramba a quatro inventa um comercial que tem que ser aprovado por um monte de gente. E nessa aprovação cada um mete o pitaco, mas o resultado final tem que ser adaptável ao consumidor, e, hoje em dia, ao consumidor do mundo inteiro. Não dá pra particularizar, fica mais difícil.

Deviam, então, ao meu ver, pelo menos fazer sentido. Mas alguns, não fazem! Pelo menos para mim, logo, concluo que a burra sou eu. Vejamos:


- Tanto o Banco do Brasil quanto o Bradesco dizem PRESENÇA. Não sei o que não sei o que lá, Presença..   E daí? Inventaram um conceito pra banco? E ambos reivindicam a tal da Presença como exclusividade, outra palavra adorada pelos criadores de comerciais... Mas eu estou emburrecendo.


- A mocinha bonitinha está acampando. A outra mocinha bonitinha elogia as pernas da outra que não tem pelos, pois ela se depila com Veet. Aí rola uma festa.. só mulher... nem um homenzinho sequer.. só mulher.. Será que desde o início era um lance gay? Será que querem dizer para as mulheres gay se depilarem? Não entendo, nem mesmo porque a bonitinha dançatão mal. Mas, eu estou emburrecendo.


- Esta é a sua escova de dentes- diz o cara me mostrando uma escova na tela inteira queNão é minha.  Mas, ok, deixo de ser chata e concordo, ta certo.. essa é a minha escova de dentes... Daqui a 3 meses troque por Oral B a única que é protegida por 90 dias.. Buáa!! socorro! não entendi. Então se eu tenho de trocar a minha daqui a três meses, (90 dias, certo, ou mudou?) é porque a minha também é legal, ou até mais legal, pois eles falam para eu trocar só daqui a três meses, nem sabem a quanto tempo eu a uso.. Mas eu estou emburrecendo. 


- Colgate.. ah.. colgate.. além da Doutora Chevalier que passa a língua nos dentes de um jeito que não consigo fazer sem arreganhar a boca -que se é doutora também é atriz pois ela aparece em outro comercial como mãe ( para fazer comercial tem que ter diploma de ator) -agora dizem que é a marca mais recomendada por dentistas do Brasil, da américa latina E do mundo. Como assim? Mudou e não me avisaram? O Brasil não faz parte mais do mundo ? Idem a respeito da américa latina? ah. mas eu estou emburrecendo.


- Ainda pasta de dentes: filho que lindo está o seu consultorio -diz a mãe enxerida e nhac! morde uma maçã. Confesso que nesses 58 anos de idade já fui a vários dentistas e nenhum tinha maçã no consultório, NENHUM! mas deve ser moda pois uma filha visita o pai e também come maçã. Bem, aí sai sangue do dente da mãe..mas na parte errada da maçã. Me dá nervoso. E a tal filha que foi visitar o pai, descobre que pode estar com gengivite e vai pra casa escovar os dentes? Que dentista é esse que não tem escovas de dentes de brinde? Bem, mas eu estou emburrecendo.

- Esse é de um carro.. rola um almoço, e parece que está rolando um clima entre dois da mesa.. aí o assunto é esse: Como é que você se vê daqui a 5 anos? O rapaz se imagina dirigindo um determinado carro com a moça ao lado. Mas não responde nada, devolve a pergunta,- e você? ela se imagina sentada no banco de trás do mesmocarro com o rapaz como motorista na frente.
Aí vem o slogan do carro dizendo coisas admiráveis sobre Quem dirige o tal carro. Minha conclusão é que a zinha , então, não presta, certo?Afinal quem dirige o carro é o carinha. E também que o tal carro é caríssimo pois os jovens que sonham com ele estão de terno, são trabalhadores, não estão num restaurante a quilo, mas só daqui a 5 anos vão poder comprar o raio do carro, certo? Mas, que sei eu. Estou emburrecendo.
- Finalmente o,, ah! perfume! Que eu não os entendo não é novidade. Agora tem um de um rapaz magro como um palito que fica estalando os dedos.. muito estranho. Bem, mas até que tem um legal! o casal deve ter acabado de transar, ele dá um tchau pra ela, se veste e vai embora e ela cheira o travesseiro. Quem não fez isso? Delícia, né? então. esse foi legal. Mas o que eu não entendo é um de novas fragancias. Surgem 6 modelos famosos, quer dizer, imagino que sejam pois se eu reconheço a Claudia Shiffer e a Naome campbell, é por que devem ser famosos. Estão de roupão, vão até um canto, de costas ainda, tiram a parte de cima do roupão e olham para a câmera . aí aparecem os frascos de perfume. 5. Só CINCO! e são 6 modelos. Buáaa!! não entendo. Quero minha mãe!!!

Hum.. acho que agora eu sei porque ninguém gosta de assistir Tv comigo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário